Musculação terapêutica: o exercício mais eficiente para melhorar a qualidade de vida dos idosos

Um dos aspectos envolvidos no conceito de qualidade de vida é a capacidade de realizar confortavelmente os esforços da vida diária, do trabalho e do lazer. São esses benefícios que se busca obter com o uso da musculação para os idosos.

Pessoas sedentárias apresentam perda progressiva da aptidão física e com a idade mais avançada até mesmo pequenos esforços como o caminhar tornam-se desconfortáveis.

O envelhecimento leva a processos de desgaste e enfraquecimento dos ossos, músculos e articulações, o que pode produzir dores que causam enorme desconforto.

Os melhores exercícios para fortalecer os ossos e os músculos são os exercícios resistidos; realizados com pesos graduáveis. A prática é hoje conhecida como musculação.

Com ela as pessoas conseguem estabilizar a coluna e articulações, melhorando ou eliminando dores. A força, a resistência e a flexibilidade estimuladas pela musculação permitem voltar a realizar com segurança atividades da vida diária. A intervenção isolada que mais evita quedas em idosos é a musculação.

Você sabia que a musculação é uma atividade muito segura e confortável? Pois é, inclusive na presença de doenças crônicas.

A musculação é o exercício mais eficiente para melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas e promover a saúde geral.

Deixe uma resposta